22 de junho de 2014

Cinema: A culpa é das estrelas

Oi meus amores, tudo bem com vocês? Hoje vim falar sobre um assunto que dominou as últimas semanas: A culpa é das estrelas.
O filme baseado no best-seller de mesmo nome não desapontou ninguém e conseguiu se manter totalmente fiel ao livro, inclusive nas falas, tudo isso graças à vigília persistente de John Green no set de filmagem (obrigada haha). as cenas tinham uma leveza impressionante, davam a impressão de que estávamos lá, de que tudo aquilo era real, além de nos emocionarmos a cada risada desajeitada da Hazel ou a cada sorriso matador do Gus.
Os cenários eram incríveis, como se já não bastasse terem gravado em Amsterdã (cidade que eu amo), o quarto da Hazel e o porão do Gus refletiam muito bem a personalidade dos dois. É claro que o filme não tinha nenhuma inovação tecnológica, efeitos especiais, essas coisas, mas realmente não fez importância, uma vez que a história era tão linda que só as personagens e as falas já eram suficientes!


SINOPSE (retirada daqui): Diagnosticada com câncer, a adolescente Hazel Grace Lancaster (Shailene Woodley) se mantém viva graças a uma droga experimental. Após passar anos lutando com a doença, ela é forçada pelos pais a participar de um grupo de apoio cristão. Lá, conhece Augustus Waters (Ansel Elgort), um rapaz que também sofre com câncer. Os dois possuem visões muito diferentes de suas doenças: Hazel preocupa-se apenas com a dor que poderá causar aos outros, já Augustus sonha em deixar a sua própria marca no mundo. Apesar das diferenças, eles se apaixonam. Juntos, atravessam os principais conflitos da adolescência e do primeiro amor, enquanto lutam para se manter otimistas e fortes um para o outro. 

Para vocês que ficam falando que é modinha e tal, só digo para darem uma chance, porque só basta ter um coração e um pouquinho de sentimento para amar haha. Além do mais que bom que um livro virou modinha, com tanta coisa ruim acontecendo é ótimo que uma obra sobre o amor esteja sendo aceita e amada pela sociedade.
O único problema: O cinema estava muito cheio e as pessoas um tanto mal-educadas, batiam palmas na hora do beijo, suspiravam a cada sorriso do Gus, choravam a cada frase fofinha...Eu sei que era impossível não se emocionar, mas não precisa externar os sentimentos né? Assim todo mundo curte o filme e você continua se emocionando ;)

E vocês já viram? Concordam ou discordam de mim? deixem aí nos comentários que eu vou amar ler eeee sigam o blog para eu ficar feliz! haha
Beijos amores!

4 comentários:

  1. Oi, Bruna. Tudo bem?

    Concordo plenamente com você. O filme é lindo e, mesmo com algumas meninas desagradáveis gritando toda vez que o Ansel aparecia na tela, foi uma experiencia linda ter ido assistir no cinema. Estou planejando ir novamente!

    Criei um blog novo chamado Rock'n Rose. Se puder, dá uma passadinha por lá? www.rockandrose.com.br

    Obrigada e beijosss.
    Obs.: Tô te seguindo! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que nem a gritaria atrapalhou né? O filme era tão lindo <3
      Obrigada amor, já estou visitando seu blog viu?
      Volte sempre!

      Excluir
  2. Tô loouca pra assistir esse filme, todo mundo já assistiu menos eu :[ #Chatida

    http://meniinademoda.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Conta pra gente quando assistir hein?
      Beijos amor ;)

      Excluir